• A+
  • A-
Avaliação da Dor

  A dor sempre foi uma queixa presente desde os primeiros tratamentos estabelecidos em todas as culturas no intuito de restabelecimento da saúde do homem. É uma das principais causas de sofrimento humano, gerando incapacidades, comprometimento da qualidade de vida.    

            O acompanhamento do paciente portador de dor crônica muitas vezes foge do tradicional modelo médico de tratamento: queixa-medicação-cura. Não raro, faz-se necessário a abordagem multidisciplinar onde vários profissionais atuam e colaboram na evolução do paciente. Este tipo de abordagem, onde são avaliados tantos os aspectos físicos assim como os distúrbios da afetividade, têm uma relação íntima com o progresso do tratamento. Muitas vezes, apenas a medicação não basta.

            O indivíduo portador de dor crônica, além de seu padecimento pessoal, transforma todo o grupo social que lhe rodeia, gerando instabilidade familiar, sentimentos de piedade, insegurança, impaciência, irritabilidade, medo e distorções da realidade. Também seu quadro álgico crônico causa enorme frustração a médicos, reabilitadores, estudiosos em saúde pública, empregadores, políticos da saúde e sociedade.

            Portanto, pensando em transformar a dor em Sorriso, o Hospital São Carlos formou o Serviço de Tratamento da Dor, sob a coordenação do médico Túlio Marcus Chaves Osterne, anestesiologista especialista em dor. O serviço é ofertado aos pacientes internados na instituição e toda comunidade em geral através de parecer médico e atendimento em consultório, respectivamente.

Telefone(s):
(85) 4009 0358 / 99606.3232